ERGONOMIA – NR-17

A NR-17 – Ergonomia visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

 

Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido nesta Norma Regulamentadora.

 

Vemos a ergonomia como um processo através do qual o posto de trabalho pode se tornar mais adequado sob os aspectos de segurança, saúde e de gerenciamento total da qualidade. Com esta visão, nossa atuação é dirigida para o desenvolvimento de ações preventivas e corretivas às situações anti-ergonômicas detectadas na análise das tarefas e do ambiente.

 

Enfatizamos o trabalho em equipe com nossos clientes e, opcionalmente, o treinamento de seu pessoal chave os capacitará a trabalhar conosco em todas as fases do processo.

 

Desenvolvemos programas corporativos que resultam em melhorias ergonômicas que reduzirão seus custos e melhorarão sua produtividade.

 

Nosso foco de atenção está na melhoria do projeto de estações de trabalho, ferramentas, tarefas, tecnologia de processo, layout e fluxo de trabalho usando conceitos ergonômicos. Somos flexíveis para prover serviços que venham atender suas expectativas, bem como desenvolver programas específicos que atendam suas particularidades. Oferecemos uma variedade de opções e serviços:

 

Implantação de Sistema de Gestão de Ergonomia

Projetamos sistemas específicos baseados em metas gerenciais que fornecem a estrutura para um efetivo processo ergonômico. Um sistema escrito fornecerá as diretrizes que asseguram o cumprimento da legislação pertinente, o adequado nível de envolvimento dos empregados de acordo com a cultura de sua organização e os resultados esperados em um sistema desta envergadura.

 

Curso de Ergonomia Aplicada ao Trabalho “in-company”

Este curso com dois ou três dias está projetado para propiciar entendimento do papel dos membros do comitê. A ênfase está na aplicação de princípios ergonômicos dentro da estrutura de um sistema de gestão definido. O curso contempla exercícios práticos baseados em situações reais do cliente e no desenvolvimento de planos de ação para melhoria.

 

Treinamento de conscientização em ergonomia para chefia

Este programa de quatro horas mostra que ergonomia é um método integrado para atingir as metas de produção, qualidade, segurança e saúde no dia-a-dia. A ênfase esta no desenvolvimento de habilidades para reconhecer oportunidades em ergonomia e iniciar ações corretivas.

 

Treinamento de conscientização para os colaboradores em geral

Este programa é constituído de várias palestras com duração entre uma e quatro horas e é ajustado em função das necessidades do cliente. Alguns dos temas abordados: Visão Geral da Ergonomia e sua Interação com o Trabalho, Ergonomia na Manipulação Manual de Materiais, Ergonomia em Terminais de Vídeo Computadores.

 

Palestra na área da ergonomia cognitiva voltada a prevenção do erro humano no trabalho para chefia de todos os níveis

Esta palestra com duas a quatro horas tem por objetivo abordar o que se conhece de mais atualizado em termos de causas do erro humano. Apresenta o hexágono e a árvore de causas do erro humano como ferramenta para diagnosticar porque o ser humano erra, e os instrumentos gerenciais para seu controle. A palestra ajudará os participantes a entenderem porque a confiabilidade no ser humano é tão baixa, porque tantos e tantos programas de conscientização costumam falhar e como melhorar a confiabilidade no ser humano em qualquer área de atividade, como a segurança, qualidade e produção. Devido ao caráter universal do assunto, está palestra deve ser estendida a todos os níveis gerenciais e técnicos.

 

Avaliação ergonômica para diagnóstico e mapeamento das condições de trabalho

Esta avaliação é conduzida em toda a organização com o objetivo de identificar e priorizar as áreas de atenção que devem ser objeto de adequação ergonômica. Também atende aos requerimentos da NR-17 – Ergonomia, que estabelece às empresas a análise ergonômica dos postos de trabalho. Opcionalmente, sua realização poderá ser feita em conjunto com as equipes treinadas da própria empresa. Na avaliação utilizamos metodologias de renomados autores, tais como: Silverstein, Lifshitz, Armstrong, Borg e Sue Rodgers, além do método computadorizado “Lifting Guidelines” da NIOSH para a avaliação do levantamento manual de cargas.